Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 26 de junho de 2011

RADIO SOCIEDADE E SEUS OPERADORES CRIATIVOS

ZEZINHO DA RIBEIRA OPERADOR RADIO SOCIEDADE DA BAHIA

Ouvir o jogo ontem Atlético do Paraná e Bahia, pelo Brasileirão 2011, em que o Tricolor venceu a partida por 2x0, pelas ondas do Radio e para ser preciso Radio Sociedade da Bahia com a brilhante narração do emocionante Raniere Alves, reportagens do grande Manoel Messias e os comentários do meu amigo Antonio Vieira. Ao pesquisar todas as emissoras que faziam a transmissão do jogo, constatei que a Rádio Sociedade AM, é mais moderna de todas em seu jeito de passar as emoções do jogo. Todas as outras em sua maioria de freqüência modulada (FM), tem estilos parecidos. Hoje o Radio da Bahia em matéria de cronistas esportivos, vai muito bem. Temos grandes narradores, repórteres, comentaristas, plantonistas, técnicos, operadores, mas falta a este gente, uma coisa preponderante. Direção artística, que vem caminhando junto com a produção e a organização. A Rádio Sociedade lançou um estilo interessante em suas transmissões esportivas, sem ter planejado nada disto. Refiro-me ao humor disfarçado com vinhetas interativas durante as transmissões. O impressionante que isto foi criado por verdadeiros gênios da emissora; Zezinho da Ribeira, Genivaldo Novaes, Selson, Dailton Santana, Pedro Carvalho, Marcio Vander, Carlindo Sena dentre outros. Todos estes nomes que acabei de citar, não são produtores, coordenadores da emissora, são na verdade operadores. Todo o processo criativo das transmissões de futebol da Radio, foi sendo introduzido há anos, por estes caras. Não houve um processo implícito de criação, através de departamento, por exemplo de produção. Nada disto, foram eles, com a criatividade e espontaneidade que revolucionaram as transmissões esportivas. Hoje as próprias FMs (Itapoan faz muito bem, também por iniciativa de um operador) utilizam das vinhetas e estilo, implantado pelos gênios operadores da Radio Sociedade.

Nenhum comentário: